quarta-feira, 31 de agosto de 2011

A BÍBLIA


BASEADO EM: Gênesis 1:1; Êxodo 24:1-4; 34:27-28; Deuteronômio 6:6-9; II Timóteo 3:16-17


PARA DECORAR: "Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para os meus caminhos." Salmo 119:105

   Há muitos séculos a Bíblia não existia. O homem não sabia escrever e Deus falava-lhe diretamente, revelhando-lhe a Sua vontade e indicando-lhe o que devia fazer.
   Com o tempo a escrita foi inventada. Então o Senhor passou a dizer aos Seus servos que escrevessem a Sua Palavra.
   Nessa época, os caracteres usados na escrita eram muito diferentes das letras que agora temos. Os materiais em que se escrevia eram também diferentes. Primeiramente, utilizaram-se placas de barro gravadas com um estilete. Essa era a escrita do tempo de Abraão e provavelmente de Moisés.
   Depois, outros materiais foram usados como papiros, pergaminhos, tábuas de madeira e, só muito recentemente na história, o papel.
   No monte Sinai o Senhor deu a Moisés tábuas de pedra gravadas com os Dez Mandamentos, e disse-lhe que escrevesse as outras leis que Ele lhe indicou, para que o povo pudesse conhecer a Sua vontade (Êxodo 34:27).
   Depois de Moisés, muitos outros profetas registraram as suas experiências com Deus e as mensagens do Senhor para o povo. Foram eles Josué, Samuel, Isaías, Daniel e vários outros. É o conjunto dos seus escritos que forma a parte mais antiga da Bíblia, o Antigo Testamento.
   Um dos meios mais utilizados para transmitir a Palavra de Deus foram os rolos de pergaminho. Eram longas tiras de pele, escritas e enroladas. Podiam ter vários metros de comprimento, e guardavam-se em caixas ou jarras para ficarem protegidos da umidade. Recentemente foram descobertos alguns destes rolos escritos no tempo de Jesus, há uns dois mil anos.
   Quando Jesus veio à terra, os Seguidores escreveram os Evangelhos, contando a Sua vida e registrando as Suas palavras. Também escreveram cartas a diversas igrejas, encorajando-as a serem fiéis a Jesus e explicando-lhes as doutrinas cristãs.
   Hoje temos a Bíblia sob a forma de um livro impresso em máquinas especiais que podem fazer milhares de cópias em pouco tempo. Podemos sentar-nos em casa, lendo confortavelmente a nossa própria Bíblia, oportunidade que os antigos não tinham.
   Devemos ser gratos a Deus pela Sua Palavra. A melhor maneira de mostrar a nossa gratidão é lê-la e procurar cumpri-la, pois ela é "Lâmpada para os nossos pés e luz para o nosso caminho". (Salmo 119:105)


 






sábado, 20 de agosto de 2011

Quebrando o Silêncio (Abaixo o Bullying)


O projeto Quebrando o Silêncio, que em 2011 enfatiza o combate ao bullying em toda a América do Sul, também conta com multimídias interativas preparadas pela equipe que coordena o Portal da Educação Adventista.

Desenvolvido durante todo o ano, o projeto tem seu ápice no quarto sábado de agosto (27/08), que é destacado como o “Dia de Ênfase Contra o Abuso e a Violência”. Desde que é realizada há nove anos, a campanha já abordou a violência que é cometida contra mulheres, idosos e crianças. A ênfase para 2011 é “Abaixo o bullying”, mal que deve ser evitado nas famílias, comunidades e principalmente nas escolas.
A campanha realizada na América do Sul é uma iniciativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia e conta com a parceria de inúmeros órgãos públicos. O Portal da Educação Adventista apoia iniciativa e oferece jogos educativos que buscam orientar as crianças a não serem agressoras e a procurarem ajuda caso sejam vítimas de bullying. [Equipe ASN, Olivandro Maia]
Clique aqui e acesse a revista multimídia Quebrando o Silêncio