sexta-feira, 27 de junho de 2014

Primários - 3o Trimestre - 2014

video

O Homem Que Fez Deus Mudar de Ideia


Texto bíblico: “Por causa deles, Deus Se lembrou da Sua aliança e, por causa do Seu grande amor, Ele
mudou de ideia.” Salmo 106:45.

Objetivo: Mostrar que Deus tem prazer em perdoar Seus filhos, mesmo quando eles escolheram desobedecer.

Recursos utilizados: Folhas de papel que representem um contrato. Corrente com um elo quebrado.

Introdução: Quando as pessoas vão fazer algum tipo de negócio, elas costumam assinar um contrato.
Por exemplo, se alguém quer vender uma casa e existe uma pessoa interessada em comprar, elas assinam
um contrato de compra e venda. Se alguém vai começar a trabalhar numa empresa, também precisa
assinar um contrato, dizendo que concorda com as regras daquele lugar. Se a pessoa não obedece às
regras, dizemos que ela quebrou o contrato. É como esta corrente com o elo quebrado. A história de
hoje fala sobre um contrato quebrado e de um homem que era tão amigo de Deus, que O fez mudar de
ideia. Isso mesmo! Preste atenção.

História Bíblica: Quando os israelitas deixaram o Egito e começaram a viajar pelo deserto em direção
ao lugar que Deus havia prometido, Moisés era o líder deles. Deus tinha planos muito especiais para o
povo de Israel, mas era difícil lidar com eles, porque sempre estavam duvidando da bondade de Deus e
qualquer coisa era motivo para falar mal do líder Moisés.
Deus havia proposto fazer um “contrato” com os israelitas. Ele disse que se fossem obedientes e se
seguissem as regras desse contrato, eles teriam saúde, seriam felizes e abençoados.
Os israelitas aceitaram o contrato, mas logo quebraram o acordo, quando adoraram um bezerro de
ouro no lugar de Deus. Moisés estava com Deus no Monte Sinai, quando soube o que estava acontecendo
no acampamento. E Deus ficou muito triste com o povo. Ele disse para Moisés que rasgaria o contrato
que tinha feito com os israelitas, porque eles haviam desobedecido e que apenas Moisés receberia as
bênçãos prometidas. O povo de Israel merecia ser destruído. Mas Moisés sabia que Deus amava o povo
e pediu que Ele os perdoasse mais uma vez. E sabem o que Deus fez? Mudou de ideia, por amor a Moisés.
Ele perdoou novamente os israelitas e lhes deu outra chance.

Apelo: É assim que Deus age conosco. Às vezes, nós também quebramos as regras do contrato, quando
desobedecemos, quando mentimos, quando não somos bondosos. Mas Deus nos ama tanto, que nos
perdoa e nos dá outra chance. Vamos agradecer a Deus por nos perdoar sempre e pedir que Ele nos
ajude a não quebrarmos o contrato de amor que Ele fez conosco?

http://downloads.adventistas.org/pt/ministerio-da-crianca/livros/livreto-adoracao-infantil-2014/

sexta-feira, 20 de junho de 2014

A Caixa Pode Ficar Mais Leve


 Texto bíblico: “Escolha dentre todo o povo homens capazes, tementes a Deus, dignos de confiança e
inimigos de ganho desonesto.” Êxodo 18:21, NVI.

Objetivo: Explicar o papel que os anciãos desempenham na igreja e mostrar a importância dessa
função.

Recursos utilizados: Colocar tijolos dentro de uma caixa, de modo que seja difícil para uma pessoa
carregar caixa sozinha.

Introdução: Vocês já tentaram fazer alguma coisa sozinhos e descobriram que era muito difícil? Estão
vendo essa caixa aqui? Alguém quer tentar carregá-la sozinho? (Deixar alguma criança tentar.) É difícil
porque ela está muito pesada. Mas, e se outras crianças vierem ajudar e cada uma carregar um desses
tijolos? Vamos fazer o teste? Agora ficou bem mais fácil, não é? A história de hoje fala de alguém que
precisou de ajuda e como o trabalho ficou mais leve, quando outros se uniram a ele para ajudar.

História Bíblica: Muita gente fazia parte do povo de Israel. O acampamento era enorme! Havia barracas
para todos os lados e as pessoas, às vezes, se metiam em problemas. Como não sabiam como
resolver, iam até Moisés. Pobre Moisés! Estava tão cansado!... Todos os dias, as pessoas faziam uma fila
em frente à barraca dele. Elas contavam o que havia acontecido e esperavam que ele desse a solução.
Um dia, Jetro, o sogro de Moisés, chegou ao acampamento e viu aquela grande confusão. Ele ficou
com pena de Moisés. Então, ele disse: “Moisés, você precisa escolher homens que possam ajudá-lo. Veja
quais são os homens que amam a Deus, em quem o povo confia e que tenham habilidade para resolver
problemas. Você pode escolher chefes para grupos de 1.000 pessoas, chefes para grupos de 100
pessoas, chefes para grupos de 50 pessoas e chefes para grupos de 10 pessoas. Eles o ajudarão e você
ficará livre para resolver os problemas maiores.”
Moisés gostou da ideia, mais ainda porque percebeu que Deus havia usado Jetro para lhe dar aquele
conselho tão bom. E assim foi feito. Esses homens foram chamados de anciãos, e eram como o braço direito
de Moisés. Vocês se lembram da caixa cheia de tijolos? Viram como ficou mais fácil, quando cada
um carregou um tijolo? É assim que os anciãos da nossa igreja também trabalham. O pastor é como
Moisés; ele tem grandes responsabilidades. Por isso, precisa da ajuda dos anciãos. Os anciãos ajudam
a levar os tijolos da caixa, e assim não fica pesado para uma pessoa só carregar.

Apelo: Os anciãos são homens especiais, escolhidos por Deus para ajudar o pastor e toda a igreja.
Hoje, quando estamos comemorando o Dia do Ancião, queremos dizer a todos eles o quanto são importantes
e o quanto apreciamos a dedicação deles ao serviço da igreja. Vamos fazer uma oração especial
por eles? (Orar.)




sexta-feira, 13 de junho de 2014

Proteção Constante

Texto bíblico: “A coluna de nuvem sempre ia adiante deles durante o dia, e a coluna de fogo ia durante
a noite.” Êxodo 13:22, NTLH.

Objetivo: Mostrar às crianças que Deus protege e cuida de Seus filhos.

Recursos utilizados: Sombrinha ou guarda-chuva, cobertor e lanterna.

Introdução: Imaginem que vocês tivessem que fazer uma viagem bem longa, para um lugar distante,
por um caminho desconhecido, cheio de perigos. O que vocês gostariam de levar com vocês para se sentirem
seguros? Uma lanterna? Um cobertor? Um guarda-chuva? A história de hoje é sobre uma viagem
que se tornou muito segura, porque Deus providenciou algo parecido com esses objetos para proteger
as pessoas, tornando a viagem mais agradável.
História Bíblica: Os descendentes de Abraão, que ficaram conhecidos como povo de Israel, haviam
saído do Egito, onde viviam como escravos e agora estavam indo para um lugar diferente, onde eles
seriam livres. Mas viajar pelo deserto não era nada fácil. Havia muitos perigos no caminho. Além disso,
durante o dia era muito quente e à noite era muito frio.
Deus queria que os israelitas soubessem o quanto Ele Se preocupava com eles. Sabem o que Ele fez,
então? Ele mesmo foi à frente do povo, para guiá-los no caminho difícil. Mas como Deus apareceu para
eles? Houve duas maneiras. Durante o dia, Ele estava com eles na forma de uma nuvem bem grossa, que
fazia sombra, enquanto eles caminhavam. Funcionava como um grande guarda-sol (mostrar a sombrinha
aberta). Assim, as pessoas não sentiam tanto calor. À noite, a nuvem se transformava numa coluna
de fogo, que aquecia as pessoas e iluminava o caminho. Funcionava como um grande cobertor e a luz
do fogo servia como uma enorme lanterna (mostrar o cobertor e a lanterna). Desse jeito, as pessoas sabiam
que Deus estava com elas e não precisavam ter medo de nada.

Apelo: Deus prometeu estar com vocês também em todos os momentos. Hoje não podemos vê-Lo em
uma nuvem grossa ou numa coluna de fogo, mas Ele garante que está ao nosso lado para nos ajudar
a enfrentar qualquer situação difícil. Basta apenas pedirmos que Ele nos ajude. Sabem como podemos
fazer isso? Isso mesmo! Por meio da oração. Vamos orar e convidar Deus para nos acompanhar em todas
as nossas atividades? Com Ele à nossa frente, não teremos medo de nada e estaremos seguros.



sexta-feira, 6 de junho de 2014

Uma Grande Família

Texto bíblico: “Mas os descendentes de Jacó, os israelitas, tiveram muitos filhos e aumentaram tanto
que se tornaram poderosos. E eles se espalharam por todo o Egito.” Êxodo 1:7.

Objetivo: Explicar como teve origem o povo de Israel.

Recursos utilizados: Desenho de uma árvore genealógica, pote com areia.

Introdução: Vocês se lembram de qual foi a promessa que Deus fez a Abraão? (Deixar que as crianças
respondam.) Isso mesmo! Que ele teria uma família bem grande, não é? A família inclui todos os membros:
pai, mãe, filhos, netos, bisnetos, tataranetos e assim por diante. Aqui está o desenho de uma árvore
genealógica, que mostra como uma família pode ser grandona. E a história de hoje fala de como Deus
cumpriu a promessa feita a Abraão e como a família dele se tornou a maior que já viveu.
História Bíblica: Deus disse para Abraão que a família dele se tornaria tão grande, quanto as estrelas
no céu e a areia do mar. (Mostrar o pote com a areia.) Mas Abraão só teve Isaque com sua esposa Sara.
Isaque só teve os gêmeos Esaú e Jacó. Jacó teve 12 filhos. Como essa família se tornou tão grande? A
resposta está na Bíblia. Vejam o que diz aqui em Êxodo 1:7: “Mas os descendentes de Jacó, os israelitas,
tiveram muitos filhos e aumentaram tanto que se tornaram poderosos. E eles se espalharam por todo o
Egito.”
Quando José, filho de Jacó, se tornou governador do Egito, ele levou toda a família para morar perto
dele. E, enquanto o tempo passava, a família cresceu tanto, que se tornou conhecida como povo de
Israel. Israel era o nome que Deus deu para substituir o nome de Jacó.
Todos os descendentes ou a família de Abraão, recebeu o nome de israelitas. Eles viveram durante
muitos anos no Egito, como pessoas livres e poderosas, porque Deus os abençoava. Mas, depois de 400
anos, eles acabaram se tornando escravos dos egípcios. Deus ainda tinha planos para os israelitas. Ele
desejava que eles fossem Seus representantes para os outros povos. Por isso, Deus avisou que iria libertá-
los e fazer deles um povo especial.

Apelo: Deus havia prometido a Abraão que sua família seria grande e viveria livre num lugar especial.
E Ele cumpriu o que prometeu. Vocês sabiam que também recebemos uma promessa de morar num lugar
especial? Jesus disse que está preparando esse lugar especial para cada um de nós. Sabem onde? No
Céu! Eu quero ir morar lá e vocês? Vamos orar e pedir que Jesus volte logo para nos levar com Ele para
esse lugar feliz. Nós também faremos parte da grande família de Abraão!







Sonho ou Pesadelo?


Texto bíblico: “Certa vez José teve um sonho e contou aos seus irmãos. Aí é que ficaram com mais
raiva dele.” Gênesis 37:5.

Objetivo: Mostrar que, quando Deus dá os sonhos, eles se cumprem no tempo certo.

Recursos utilizados: Feixes de trigo, anel e um colar de ouro para representar os presentes de faraó.

Introdução: Dizem que todos nós sonhamos, quando dormimos, mas nem sempre nos lembramos do
sonho. Quem aqui já teve um sonho tão real, que parecia de verdade? Às vezes, as pessoas têm pesadelos.
Alguém já sonhou que estava caindo num buraco, por exemplo? A história de hoje é sobre um sonho
que se tornou realidade,porque ele foi dado por Deus.

História Bíblica: José era o filho preferido de Jacó. Ele era um bom moço, mas havia se tornado mimado,
por causa do tratamento que o pai lhe dava. Por causa disso, os irmãos não gostavam dele. José
amava a Deus com todo o seu coração e Deus tinha planos especiais para ele.
Um dia, enquanto dormia, José teve dois sonhos. Em um deles, os irmãos estavam colhendo trigo (que
é o principal ingrediente para fazer o pão) e amarrando-o em feixes. Parecido com este aqui (mostrar o
feixe). De repente, os feixes dos irmãos se inclinaram para o feixe de José. Que estranho, não é? No outro
sonho, o Sol, a Lua e onze estrelas se inclinavam para José.
José contou esses sonhos para sua família e seus irmãos não gostaram nadinha do que ouviram. Na
verdade, passaram a odiar José porque entenderam o significado daqueles sonhos. Será que José pensava
que mandaria nos irmãos? Que era mais importante do que eles?
O que os irmãos de José não sabiam era que aqueles sonhos tinham sido dados por Deus. Eles
acharam que, se dessem um fim em José, aqueles sonhos nunca se realizariam. Mas será que alguém
pode impedir que Deus cumpra o que Ele planejou? Não! Os irmãos venderam José como escravo de
mercadores que estavam indo para o Egito. Mas Deus transformou a situação. José decidiu ser fiel a
Deus e fazer o melhor que ele podia. Ele enfrentou muitas dificuldades; primeiro porque teve que fazer o
trabalho de escravo na casa de Potifar, que era o chefe da guarda do faraó. Quando Potifar o colocou
como administrador de sua casa porque confiava nele, a esposa de seu chefe inventou uma mentira sobre
ele e José foi lançado numa prisão. Mesmo ali, José decidiu continuar sendo fiel a Deus. E Deus fez
com que o sonho dado a José se cumprisse, mesmo quando parecia que isso seria algo impossível. Deus
preparou José e no tempo certo o colocou como governador do Egito. José ganhou do faraó roupas de
linho, um anel e um colar de ouro (mostrar) como símbolo da autoridade que ele recebeu. No momento
de maior necessidade, José ajudou a salvar a vida não apenas dos egípcios, mas também de sua família.

Apelo: Precisamos ter paciência e acreditar que Deus realizará o melhor em nossa vida. Um dia, os
irmãos de José se inclinaram diante dele, como Deus havia mostrado. Mas, nessa ocasião, eles haviam
se tornado homens diferentes e ficaram felizes em saber que Deus usou José para salvar a vida deles da
fome. Deus sempre cumpre o que promete! Vamos orar?




O Menino Que Agradou a Deus


Texto bíblico: “Josias fez o que agrada a Deus, o Senhor; ele seguiu o exemplo do seu antepassado, o
rei Davi, e não se desviou nem para um lado nem para o outro.” 2 Reis 22:2, NTLH.

Objetivo: Ensinar que podemos escolher servir a Deus, mesmo sendo criança.

Recursos utilizados: Materiais de limpeza (balde, vassoura, espanador, etc.), uma caixa de papelão ou
baú com vários itens dentro. Colocar no fundo da caixa um rolo para representar o livro da Lei de Deus.

Introdução: Vocês já perderam alguma coisa importante e só acharam depois de bastante tempo? Talvez
o papai ou a mamãe estivessem limpando a casa e encontraram exatamente aquele brinquedo que
você achou que estava perdido. O que vocês fizeram quando viram o brinquedo perdido? A história de
hoje é sobre uma criança que soube o que fazer quando encontrou algo que estava perdido.

História Bíblica: Josias era ainda bem pequeno, quando teve que fazer algo grande. Quantos aqui têm
oito anos de idade? Essa era a idade de Josias quando ele se tornou rei de Judá. O papai de Josias não
tinha sido um bom rei, e por isso foi assassinado. Mas Josias decidiu, ainda criança, que seria diferente
do seu pai. E, para fazer as coisas certas, ele escolheu ser fiel a Deus. Se vivesse em nossos dias, acho
que Josias faria parte do Clube de Aventureiros. Vejam o que a Bíblia diz sobre ele: “Josias fez o que
agrada a Deus, o Senhor; ele seguiu o exemplo do seu antepassado, o rei Davi, e não se desviou nem
para um lado nem para o outro.” 2 Reis 22:2, NTLH.
Quando estava com 20 anos, Josias resolveu fazer uma limpeza pesada em Jerusalém. (Mostrar os
materiais de limpeza.) Ele estava decidido a acabar com todos os ídolos que ainda eram adorados pelo
povo. Sabem quanto tempo durou essa limpeza? Seis anos! Então ele começou a reformar o templo, a
igreja da época dele. Os funcionários começaram a revirar as coisas para ver o que poderia ser aproveitado.
(Começar a tirar as coisas da caixa ou do baú). E que surpresa teve o sumo sacerdote Hilquias... Ele
encontrou o livro da lei de Deus, que estivera perdido por muitos anos. (Pegar os rolos do fundo do baú.)
Quando o livro foi lido em voz alta para o rei Josias, ele ficou assustado. Até então, ele tinha feito o que
sabia ser o certo, mas a leitura do livro mostrou que havia muito mais coisas para serem corrigidas entre
o povo. Então, Josias reuniu as pessoas e leu o livro encontrado no templo. As pessoas também quiseram
fazer o certo e decidiram obedecer a Deus. A Bíblia nos diz que o povo não deixou de obedecer ao Senhor,
enquanto Josias viveu (2 Crôn. 34:33).

Apelo: Talvez você pense que é apenas uma criança, mas, como Josias, também pode decidir fazer o
certo desde cedo. E, quando se tornar gente grande, poderá fazer ainda mais para ajudar outras pessoas
a conhecerem a Deus e também decidirem fazer o que é certo. Uma boa dica é ler a Palavra de Deus, a
Bíblia. Se seguirmos o que está ali, seremos pessoas mais felizes, como foram as que viveram no tempo
de Josias e que fizeram o que estava no livro da lei de Deus.